Criado em 24 Maio 2018

A sessão extraordinária desta quinta-feira, 24 de maio, do Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE-PA), presidida pela conselheira Lourdes Lima, atende o disposto no Art. 102 do Regimento Interno quanto à apreciação do relatório e parecer prévio sobre as contas prestadas pelo governador Simão Jatene, exercício de 2017. 

O relator, conselheiro André Dias, emitiu voto favorável à aprovação, com recomendações, a partir do relatório técnico produzido pelos servidores do TCE, cuja equipe foi coordenada por Reinaldo Valino, Sônia Abreu e Edilson Resque.

A sessão teve a presença dos conselheiros Nelson Chaves, Odilon Teixeira, Cipriano Sabino, Luis Cunha e Rosa Egídia, além do conselheiro substituto Edvaldo Souza e de membros do Ministério Público de Contas (MPC).

Em manifestação prévia, Dias observou que “a grave crise econômica por que passa o Brasil levou milhões de pessoas, dentre as quais milhares de paraenses, a buscar soluções no mercado informal, e como não existem mecanismos de arrecadação na informalidade, cabe a órgãos como os tribunais de contas, em sua missão fiscalizadora, contribuir com o Estado na melhoria das políticas públicas. As recomendações do TCE têm esse objetivo”, ressaltou André Dias.              

Como representante do governo, o procurador geral do Estado, Ophir Cavalcante, manifestou-se a respeito das contas observando que “o TCE-PA é um órgão do controle externo que também contribui no sentindo do Estado alcançar um bom nível de gestão. Esse resultado é bom não só para o Pará, mas também ao Brasil. É válido destacar a boa classificação do Estado no ranking da Secretaria do Tesouro Nacional em relação ao equilibro das contas públicas”, disse Ophir.

A conselheira Lourdes Lima destacou que o julgamento da prestação de contas do governo do Estado é a principal missão do TCE-PA. “O trabalho referente às contas de governo é o mais importante deste tribunal. A equipe responsável trabalha desde março arduamente para ter um resultado consolidado”, destacou a presidente da corte de contas.

A procuradora geral de Contas, Silaine Vendramin, observou que o MPC-PA esse ano elaborou um parecer em que se debruçou sobre os dados econômicos e sociais do estado, “de modo que a partir desses dados o governo pode se planejar melhor e buscar maior efetividade nas políticas públicas”, ressaltou a procuradora geral.

O auditor geral do Estado, Roberto Amoras, a secretária adjunta de Estado da Fazenda (SEFA), Adélia Macêdo, o diretor de contabilidade da SEFA, Hélio Góes, e o secretário de Planejamento do Estado (SEPLAN), José Colares, também participaram da sessão.

Ouvidoria

Tv. Quintino Bocaiúva, 1585. Nazaré. Belém - PA. 66035-903.
Fone: (91) 3210-0803 / 0800
Atendimento: 8:00h - 14:00h
Sessões Plenárias Ao Vivo
Sessões Ordinárias todas as 3ª e 5ª feiras, às 9:00h com transmissão ao vivo pela Internet.

Tv. Quintino Bocaiúva, 1585.
Nazaré. Belém - PA. 
66035-903.
Tv. Luiz Barbosa, 962.
Caranazal. Santarém - PA. 
68041-420.
Av. VP 8, Folha 32, Quadra 17
Lote 11, Nova Marabá. Marabá - PA. 
68508-160.
(91) 3210-0555 (93) 3522-1718 / (93) 3522-9794 (94) 3323-0799

Atendimento ao Público de 8:00h às 14:00h
Atendimento no Protocolo de 8:00h às 18:00h (de segunda à quinta-feira) e de 8:00h às 16:00h (sexta-feira)